My Photo
Teólogo, jornalista e fundador da ONG Rio de Paz
Blog powered by Typepad
Member since 11/2008

Leituras 2016

  • LLOYD-JONES, Martyn : O justo juízo de Deus
    Exposição de Romanos 2:1-3:20. Ninguém, provavelmente, em toda história do cristianismo foi capaz de expor de modo tão magistral essa passagem das Escrituras. Sua descrição do homem em pecado põe em relevo, com rara habilidade, a necessidade imperiosa de todos, por meio da cruz de Cristo, escaparem do justo juízo de Deus. (*****)
  • EDWARDS, Jonathan: Jonathan Edwards on revival
    Este livro reúne três obras fundamentais de Jonathan Edwards sobre o tema do avivamento: "Uma narrativa de conversões surpreendentes", "As marcas distintivas de uma obra do Espírito de Deus" e "Um relato do avivamento da religião em Northampton 1740-1742". Seu objetivo é falar da natureza da verdadeira obra de avivamento, separando o essencial do que é meramente acidental. Insuperável. (*****)
  • LLOYD-JONES, Martyn : O soldado cristão
    Um oceano de sabedoria. Conselhos que podem livrá-lo das mais infernais ciladas da vida e do que há de perverso neste mundo. Clássico sobre batalha espiritual. (*****)
  • STOTT, John : A mensagem de Efésios
    Comentário conciso, claro, fiel e objetivo da Carta de Paulo aos Efésios. Poucos autores, na história da igreja, souberam defender de modo tão educado suas ideias e apresentar com tamanha doçura as verdades bíblicas, como John Stott. Certamente, ele deve ser considerado um dos cinco teólogos mais importantes dos séculos XX e XXI. (****)
  • LLOYD-JONES, Martyn : O combate cristão
    Sem a mínima dúvida, está entre as cinco melhores obras sobre batalha espiritual de todos os tempos. Um oceano de sabedoria. Livro que o leva a ver como inimaginável deixar de orar e depender da graça divina para viver. Nunca mais sua filosofia de história e compreensão dos problemas políticos, sociais e morais serão as mesmas. (*****)
  • LLOYD-JONES, Martyn : O evangelho de Deus
    Nessa exposição do capítulo primeiro da Carta aos Romanos, o maior pregador do século XX revela, numa tal extensão, a glória do evangelho, que é impossível o crente verdadeiro ter contato com o conteúdo da sua mensagem e não desejar sair pelo mundo anunciando Jesus Cristo. Se você quer compreender a essência do evangelho, mergulhe nessa série de pregação. (*****)
  • LLOYD-JONES, Martyn : Vida no Espírito
    Interpretação magistral de Efésios 5:18 - 6:9. Impressiona pela sabedoria revelada na apresentação dos aspectos práticos do cristianismo. A parte dedicada ao engajamento político do crente revela sua preocupação em fazer o trabalho de púlpito levar a igreja à luta pela justiça social. (*****)
  • LLOYD-JONES, Martyn : As trevas e a luz
    Exposição magistral sobre a vida cristã. Uma das mais belas e profundas demonstrações da diferença entre moralidade e cristianismo. (*****)
  • EAGLETON, Terry: Marx estava certo
    Você pode odiar Marx. O que não deve, por motivo de integridade intelectual, é ignorá-lo e crer numa caricatura forjada pelos que não concordam com seu pensamento. Eagleton, numa análise não completamente isenta, uma vez que é amante do marxismo, nos apresenta um Karl Marx que ainda que não tenha conseguido prescrever o melhor remédio para os males do capitalismo, faz denúncias ao sistema que desmascaram suas profundas injustiças. Em especial, seu sistema de exploração deslavada das forças de trabalho. Vi muita semelhança do pensamento de Eagleton com as críticas que faço no meu livro "Convulsão Protestante" às atuais contradições do universo neoliberal. (*****)
  • LESZEK, Kolakowski: Pequenas palestras sobre grandes temas
    Impressiona a amplitude de conhecimento e a sabedoria desse grande pensador polonês. Embora não concorde in totum com seus pontos de vista, recomendo a todos a leitura dessa coletânea de palestras. Em algumas delas, ele foi genial. (****)
  • DALRYMPLE, Theodore: Podres de mimados
    Torci para a leitura chegar ao fim por causa do suplício que me causava. Que livro chato. Por que o li? Por julgar que me ajudaria a entender o que está acontecendo no Brasil; país onde vejo uma reação ácida de uma direita conservadora e amarga horrorizada com a estupidez e lambanças da esquerda. "Podres de mimados" nada mais representa do que a resistência extremada ao discurso de uma esquerda sentimentalista e ingênua quanto à natureza humana. (*)
  • McGRATH, Alister : As origens intelectuais da Reforma
    O autor mostra as diferenças cruciais entre as raízes intelectuais da reforma alemã e da reforma suíça. Ressalta o papel do escolasticismo e do humanismo na produção teológica da primeira geração de reformadores. Salta aos olhos a importância de Agostinho. A leitura vai requerer paciência, em alguns momentos, devido à quantidade de alusão a disputas teológicas que parecem não ter relação com os problemas teológicos do nosso tempo. Contudo, trata-se de pesquisa moderna, que destaca as descobertas mais recentes feitas por estudiosos da grande obra de renovação espiritual, ocorrida no século 16, que mudou a face da igreja e do mundo. (***)
  • McGRATH, Alister : A revolução protestante
    No ano anterior ao do aniversário de 500 anos da Reforma Protestante, a leitura desse livro é indispensável. McGrath faz uma análise de toda a história do protestantismo, exaltando suas realizações e não o poupando de algumas críticas. Impressiona o vasto campo de conhecimento que domina. Você poderá perceber, entretanto, uma inclinação a tratar com certa condescendência as diferenças que existem dentro do ramo do protestantismo, como se fossem determinadas por meras questões culturais, que não deixam espaço para julgamentos definitivos baseados em evidência bíblica. Essa é a virtude e a fraqueza de alguns historiadores, fruto também do anseio pela neutralidade acadêmica. (****)
  • KOLAKOWSKI, Leszek: Sobre o que nos perguntam os grandes filósofos . Vol. 2
    É crescente meu apreço por esse grande filósofo e historiador polonês, morto em 2009. Nesse opúsculo, com clareza e elegância, apresenta uma síntese do pensamento dos grandes filósofos do mundo ocidental, ressaltando as principais perguntas que seus sistemas filosóficos fizeram emergir. Nesse segundo volume, conhecemos um pouco das ideias de Aquino, Ockham, Nicolau de Cusa, Descartes, Espinosa, Leibniz, Pascal, Locke, Hobbes e Hume. Vale a pena ler. (***)
  • NOBLAT, Ricardo: A arte de fazer um jornal diário
    Claro, conciso, divertido e honesto. Escrito pelo experiente e conhecido articulista do Globo. Leitura obrigatória para todo jornalista, repórter, editor, fotojornalista, dono de jornal e amantes do jornalismo. Uma frase de Noblat sintetiza o valor da profissão de jornalista: "Um jornal é ou deveria ser um espelho da consciência crítica de uma comunidade em determinado espaço de tempo". (****)

« REFORMA COMEÇA PELA DOUTRINA | Main | RAZOABILIDADE DA PREDESTINAÇÃO »

01/02/2010

Comments

Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

Jesus não é Deus e tem a mesma gloria do pai porque dele a herdou se jesus fosse Deus a Bíblia estaria errado pois afirma que só existe um Deus e um Senhor a saber Jesus Cristo e o sacrifício da cruz teria sido uma farça

Pastor Antonio, sua argumentação carece de precisão, pois se o sol, que você toma para exemplo, foi criado,não é eterno, como,então, compará-lo a Cristo?
Se assim fosse, então, Jesus seria criado como nossa estrela solar!
Nossa mente finita, infantil (se é que dá para classificá-la desta forma) não têm como entender tamanha grandeza que detém o Eterno Deus.
Se em Jesus "habita corporalmente toda a plenitude da Divindade",e "No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus e a Palavra era Deus", precisamos "esquentar"mais a cabeça quanto a pessoa de Jesus?
Por outro lado,só podemos conhecer a Jesus e a Deus sob auxílio do Espírito Santo, que "penetra todas as profundezas de Deus" logo,afirmar uma outra coisa concreta sobre a Divindade, têm que ter a orientação do Espírito Santo, coisa que nem todos os que pregam dispõem.
Claro que somos dotados de faculdades criativas e somos eternos insatisfeitos, querendo sempre saber mais e ainda mais sobre as coisas de Deus,mas,creio, que o simples relato das Escrituras sobre à pessoa de Cristo, deve bastar para satisfação de nossa curiosidade.
Abraços.

With blogs like this around I don't even need website anymore. I can just visit here and see all the latest happenings in the world.

Verify your Comment

Previewing your Comment

This is only a preview. Your comment has not yet been posted.

Working...
Your comment could not be posted. Error type:
Your comment has been posted. Post another comment

The letters and numbers you entered did not match the image. Please try again.

As a final step before posting your comment, enter the letters and numbers you see in the image below. This prevents automated programs from posting comments.

Having trouble reading this image? View an alternate.

Working...

Post a comment

Your Information

(Name is required. Email address will not be displayed with the comment.)